Reveillon em Jurerê Internacional


Fim de ano em Jurerê Internacional

Orla de Floripa
Em Agosto recebi um decreto do meu Dignissimo Namorado que andava cansado de Reveillons pacatos, light, em família... ele definitivamente não queria mais dormir cedo dia 31 de Dezembro, então depois de sondarmos bastante os Best Ever fins de ano desse Brasilzão nossa escolha foi Floripa, mais especificamente Jurerê Internacional que há tempos ouço falar, por ser reduto de muitas celebridades e pseudo-celebrities, enfim de muitas caras bonitas, conhecidas e endinheiradas, e finalmente esse ano tive a chance de conhecer.
 
 
Nossos colegas de viagem #sóqnão :))

Pra começar, sobre a hospedagem: alugamos um apartamento já que não teve quorum (inicialmente) para que pudéssemos ficar com uma casa. Entramos em contato com duas imobiliárias de Jurerê mesmo, chegando lá vi que têm milhares, portanto cuidado na escolha.
Nosso primeiro contato foi com a Eliane Muller da Projeto Imoveis (048-99820980), pois a mãe de um amigo nosso tinha alugado com eles, mas como já estavam com poucas opções acabamos fechando com a JC Negocios Imobiliarios e o contato lá foi com a Juliana, nos tels (48) 3282-2310 e (48) 8442-0393 e no site  www.aluguelemjurere.com.br. Ambas foram corretas conosco, tanto a primeira com nossos amigos e a segunda com a gente, apartamento de acordo com as fotos, limpinho, com boas roupas de cama e banho, bem equipado de louças, devolveram a caução como combinado, no complains about!
 

Como tem muuuitas opções de casas e apartamentos para alugar, achei que eles têm um preço excelente pro padrão do lugar, hotéis e pousadas em Jurerê e arredores são poucos, portanto mais caros. O ideal mesmo é alugar casa ou AP, a não ser que esteja viajando só ou de casal.

Localização: Esse é um fator importantíssimo nesta época, pois se o propósito da sua viagem for mesmo curtir Jurerê todos os dias, entenda como Jurerê: os “beach lounges”! Então, sem duvidas vc deve se hospedar em Jurerê Internacional, Tradicional ou no maximo em Canasvieiras, o transito fica bem confuso pra não dizer um caos e é bem difícil de se locomover o que pode acabar com o seu humor em plenas férias. Se hospedar em Floripa é legal pra quem quer conhecer as praias e restaurantes, em Balneário Camboriú  pra quem vai ficar por lá mesmo, essa historia de bate e volta é complicada e pode rolar uma vez ou outra, ir e vir do centro para Jurere todos os dias além de ser arriscado você pode encarar um transito de horas, horas mesmo, tipo 5.

Comida: Jurerê Internacional é um bairro essencialmente residencial não tem estrutura de comércio e restaurantes, na verdade achei até precário nesse quesito, as opções se restringem aos restaurantes do Open Shopping que não são muitos e nem bons, ao Donna – um charmoso lounge, e aos restaurantes do Hotel Il Campanario. Se quiser outras opções só mesmo indo para os bairros vizinhos, inclusive na madruga onde eu diria que o único e sempre disponível lugar das redondezas é o Cris Bar, em Jurerê Tradicional, sempre aberto, cardápio simples e descomplicado, eles são bons naquilo que se propõe a fazer, enquanto a maioria dos outros lugares, ironicamente, fecha entre o almoço e jantar quando a cidade está absolutamente entupida de gente, vai entender! Aff!! Nesse circuito de Jurerê tradicional e Canasvieiras vc já encontra algumas outras opções que vão de Japonês à Bistrôzinhos e lanchonetes.
 




 
Transporte: Não se engane achando que Jurerê é pequeno e como pretende ficar apenas por lá mesmo não precisa de carro, pois é quase obrigatório alugar um, pra ir na farmácia ou mesmo fazer um lanche você vai sempre precisar dele, pois além de não ter nada perto os taxis são raríssimos por lá.



Beach Lounges: Café de La Musique, Café de La Musique, Café de la Musique e Café de La Musique, rs... mas é quase isso, afinal se vc não foi lá não foi à Jurerê Internacional!!! Homens preparem para pagar no mínimo R$ 250 reais pra entrar, sem consumação, sem nada, só pra sorrir! Nos dias que fomos estava R$ 450,00 homem e R$ 50,00 mulher, isso mesmo não esqueci nenhum digito, mulheres apenas CINQUENTA REAIS!! ;)


 
 
A Taiko, achei beeeemm mais ou menos! E a P12 foi fantástico no dia do Reveillon acho que fizemos a melhor escolha, sem duvidas! Pois o Café é pequeno e eles perdem a noção um pouco da quantidade de pessoas que colocam lá e fica impraticável, acredito que na virada foi assim, então como não fomos na P12 de dia minha avaliação é quanto ao dia 31 mesmo, a festa foi ótima, as atrações arrasaram e a bebida não acabou em nenhum momento só era um pouco difícil pra pegar, assim como o banheiro q era um verdadeiro caos, nessas datas tinham que melhorar a estrutura com coisas provisórias tanto de bar qto de banheiro, afinal cerca de 4 mil pessoas no mesmo lugar com apenas um banheiro é obvio que vai dá m...!!!.
 
O Polvo do Ostradamus

Outros lugares visitados e aprovados pra vcs em Jurerê e/ou na região:

- Ostradamus (restaurante de ostras e frutos do mar de um modo geral, simplesmente maravilhoso, melhor polvo do mundo J)

- Chef Fedoca (excelente moqueca e uma vista privilegiada da lagoa)
 
Ostras ao Alho e Óleo
- Mar Massas (uma charmosa tratoria italiana, lugar pequeno, comida gostosa e localização bucólica, além de excelentes vinhos)

- Churrasco ao Vivo (para uma deliciosa picanha em Canasvieiras)

- Donna (alternativa legal para as noites de “descanso” entre um beach lounge e outro em Jurerê Intl.

- Box 32 (pastel de vongole do mercado central, dos deuses!)

Pastel de Vongole
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
E um Feliz 2014 a todos!!!!!

;)

 

By Rê.



Nenhum comentário:

Postar um comentário