10 dicas para planejar sua viagem à Toscana!!

Sou daquelas pessoas que curte de verdade a viagem e já começa a viajar bem antes de sair de casa, desde o planejamento da trip. Acho essa etapa maravilhosa e jamais viajei de excursão porque não admitiria que decidissem por mim o que vou ver, visitar, fazer ou deixar de fazer... mas confesso, que montar esse roteiro da Toscana foi sem duvidas o mais difícil até hoje e daí o motivo de eu dividir com vocês desde o comecinho.

1) A Toscana inteira não vai caber em uma viagem só e como a chance de voltar é remota, ou no mínimo vai demorar, fica beeeem difícil decidir pra onde ir ou mesmo descobrir o que mais vale a pena pra você e suas companhias. Não adianta querer abraçar o mundo, ou melhor, a Toscana, pois essa é uma viagem para ser feita com calma e atenção à todos os seus sentidos. Escolha poucos lugares e explore-os ao máximo.



2) Leia bastante, compre livros, visite blogs e tente entender tudo que a Toscana tem para lhe oferecer, descubra o que mais lhe atrai e não esqueça de entender também o que seus colegas gostam e esperam dessa viagem. Por exemplo, se alguém gosta de arte é importante que tenham tempo sobrando em Florença e Siena para desbravar os muitos museus que essas cidades oferecem, por outro lado há quem não vá abrir mão da Rota do Chianti e seus famosos vinhos. Minhas princi´pais fontes de pesquisa foram o Guia da Lonely Planet: Florença e Toscana e o Blog Giro Pela Toscana ambos sensacionais e com dicas ótimas!


3) Escolha duas ou mais cidades-sede. Depois de definir o estilo da viagem que vão querer o próximo passo é eleger as cidades para se hospedar, escolhemos duas bases apenas devido ao número de dias que tínhamos pra viagem, 8 apenas,. Elas devem ser distantes uma da outra e centrais em relação às demais que vc vai querer visitar em passeios de bate e volta. Tem quem faça a escolha de duas cidades de tamanho razoável como Florença e Siena ou mesmo quem quer uma maior e outra menor, como Florença e Pienza, mas nós antes de qualquer coisa decidimos que ir à Toscana e não se hospedar em um Agriturismo não teria a menor graça, então optamos por Florença e uma espécie de hotel fazenda perto de Volterra, onde você fica hospedado naquelas típicas casas toscanas de pedra, com uma hostess italiana da região e uma administração bem familiar.

 
4) Reservar pelo o menos uns 8 dias para esse tipo de viagem pois assim você pode fazer como a gente e dividir em uns 3 para Florença e 5 no agriturismo ou mesmo dividir esses 5 em duas outras cidades.  Mas o mais importante é que você não sobrecarregue seus passeios com muitos lugares em pouco tempo afinal um dos pontos altos dessa viagem é sem duvidas os restaurantes e vinhos, então está lá diante do melhor que a culinária italiana pode te oferecer e não aproveitar é quase um pecado.

 
5) Alugue um carro pois ficar dependendo do transporte publico em cidades pequenas como San Giminiano pode lhe custar muito do seu precioso tempo, tb nem todas tem trem e o funcionamento deles não é bem organizado como em outros lugares da Europa. Apenas tome cuidado com o acesso proibido ao centro histórico de quase todas estas cidades que é restrito a moradores e carros de aluguel não tem essa permissão, a multa é cara e é devida a cada acesso ao centro, ou seja se no mesmo centro vc sair e entrar duas vezes pega duas multas, a única coisa boa é que eles são em sua grande maioria bem sinalizados e graças passamos ilesos pelas multas, não sem muitas neuras a respeito, rs... Outra dica importante é: alugue seu carro no ultimo dia de Florença e/ou Siena quando for sair para a estrada e visitar cidades menores, ou se estas forem seu ultimo destino devolva assim que chegar lá pois ambas são muito confusas para nós tanto em relação a essa restrição ao centro como para estacionar, além do mais elas são tranquilas de caminhar, providas de taxis e serviço publico não tendo portanto necessidade de ter carro nesse período. ps.: o nosso carro foi um punto da fiat e custou 330,00 euros 6 dias com gps.


6) É uma viagem para fazer a dois, com família ou amigos... é claro que o campo, o glamour da arte e os vinhos deixam o cenário da Toscana perfeito para uma viagem a dois!! Mas por experiência própria posso dizer que esse paradigma de uma viagem romântica foi quebrado, pois fiz essa viagem com a minha mãe, sogra e uma amiga da minha mãe e não poderia ter sido melhor!!! Super recomendo para um grupo de mulheres, aquelas que vc adora bater um bom papo, que ama comer e experimentar coisas novas e que NUNCA vai negar uma taça de vinho!!! Nossa viagem foi perfeita, bebemos absolutamente todos os dias e muitas vezes era vinho no almoço e jantar, rimos muito de tudo, rimos umas das outras e de nós mesmas e pra quebrar o gelo muitas vezes de estarmos viajando só nós, mulheres, arranjamos o Manoel, um português cheio de vontade própria e que foi a nossa mão na roda: Nosso querido GPS!! :)

 
7) A Toscana não é um destino caro e pode caber perfeitamente no seu bolso lá vc come bem sem gastar muito, dá pra se hospedar legal por um preço justo, tudo muito longe dos preços parisienses e londrinos e também muito relativo ao período da sua viagem, fomos em novembro e como muitos hoteis de campo fechavam no fim do mês conseguimos preços ótimos, além do mais o movimento da região nesta época é menor o que acaba influenciando tb nos restaurantes, aluguel de carros, etc.

8) Coma e beba como um toscano, esqueça qualquer receio à algum alimento afinal preparado por um autentico toscano tudo tem um sabor diferente (ate as tripas friorentinas experimentei), abandone a dieta e em qlq época da sua viagem não esqueça de separar bastante tempo para a atividade de comer!!! Na primavera as feiras estão repletas de temperos frescos como alcachofra e alho; no verão é legal incluir cidades da costa e se deliciar com seus frutos do mar; já no outono muitas são as festas de alimentos, tempo de colheita das azeitonas, uvas, funghi porcini e é nessa época que também acontece a maior feira de vinho da região em Greve di Chianti; por ultimo mas não menos importante o inverno e a temporada de trufas que vai ate meados de Dezembro e termina com a feira em San Miniato, se não der pra participar da feira que tal uma caça às trufas?! ps.: Quando ver nas milhares de charmosas vendas das pequenas cidades uma pasta chamada Pasta Morelli faça estoque, kkk... brincadeira compre pelo o menos uma a linguine de aglio e basilico simplesmente dos deuses!!!

9) Nem só de arte e história vive a Toscana, inclua na sua programação um passeio de carro pela rota do vinho ou andar de bicicleta pela ciclovia da muralha monumental de Lucca, ou de vespa pelas vinícolas, enfim  vale a criatividade para encontrar a melhor forma de explorar a arquitetura, os museus e desfrutar da tranquilidade do campo.


10) Há hospedagem de todos os tipos na Toscana, antigos conventos, castelos, requintadas casas rurais, hoteis de designers famosos com estilo mais moderno, onde ficar vai depender apenas do seu estilo e do seu bolso. Como disse antes, se hospedar numa Villa Toscana, aquelas típicas casas de pedras, é uma oportunidade imperdível, portanto aproveite e se estiver viajando em grupo é possível até alugar uma Villa inteira só pra vc, imagina?! :) Como ainda não ganhei na mega, nos hospedamos numa espécie de castelo em Florença onde tem a maior torre privada da cidade, um prédio do século 13 muito bem conservado que em breve falarei mais pra vocês inclusive com novidades, pois o que já tem preço bom ficará ainda melhor, consegui fechar desconto em duas pousadas na Toscana para vocês, queridos leitores! :)   ps.: todos os nossos dias na região que foram 8, saiu 365,00 euros por pessoa. 


Acho que estão prontos para montar a viagem e até a próxima!

Bjos,

By Rê.












7 comentários:

  1. Adorei seu post. Fiquei com mais vontade de conhecer a região Toscana. Fala pra gente quais os nomes das hospedagens e dos restaurantes que vocês foram. Pousadas com descontos?! Quais são? Fiquei super interessada. :)

    ResponderExcluir
  2. Ainda vou escrever sobre os restaurantes e comidas ;)
    Sobre as pousadas com desconto você encontra no ultimo Post, é só clicar em Inicio na aba superior esquerda.
    A Toscana é maravilhosa!

    Bjos.

    ResponderExcluir
  3. Today, I went to the beachfront with my children.
    I found a sea shell and gave it to my 4 year old daughter and said "You can hear the ocean if you put this to your ear." She put the shell to her ear and screamed.
    There was a hermit crab inside and it pinched her
    ear. She never wants to go back! LoL I know this is totally off topic but I had to tell someone!


    Check out my blog post: static ups

    ResponderExcluir
  4. Renata! Obrigada pelos posts! Estou indo semana que vem e me ajudaram muito. Li todos!
    Nao consegui acessar os últimos (Saint Gimignano, Volterra, chianti, etc), vc sabe por que?
    Obrigada
    Alessa

    ResponderExcluir
  5. Vamos em janeiro de 2016, consigo fazer estas três cidades no mesmo dia, Volterra, Pisa e Lucca, vou alugar um carro, mas vai ser inverno consigo ir de carro?

    ResponderExcluir
  6. Caso vc consiga, Ficará bastante corrido! A estrada à Volterra é bem tortuosa e pro lado contrario das duas outras cidades.

    ResponderExcluir
  7. Oi Renata, só agora percebi o seu link e a sua recomendação ao Giro pela Toscana, super obrigada! :-) Espero q as dicas tenham te ajudado! É por falar em dicas, ótimas as que você deu aqui! ;-) O Giro andou meio paradinho, mas agora voltou completamente renovado e agora é www.giropelatoscana.com! Um beijão e boas viagens!

    ResponderExcluir