Compras e Comida em Budapeste!

A rua das boas lojas se chama Andrassy Utca, aqui estão grandes marcas como Gucci, Ermenegildo Zegna, Louis Vuitton, D&G, etc. nela também fica o belo prédio da Ópera que é um prédio belissimo e onde Madonna gravou partes do filme Evita Peron, as gravações começaram na Argentina mas terminaram em Budapeste nesse teatro, fingindo ainda estarem na América Latina.
Almoçamos um dia por aqui num charmoso e gostoso restaurante tailandês Kaeng Som, super recomendo para um almoço rapido e uma boa comida. 

 

A briga de quem inventou o primeiro metrô entre a Inglaterra e a Hungria é uma piada, não sei qual é a verdadeira versão mas sei que é aqui na rua Andrassy que você consegue ter acesso as estações que dizem ser as mais antigas do mundo, tudo é mantido como foi criado inclusive os trens por fora. Muito legal de ver, você se sente num filme de época, e as pessoas definitivamente eram menor naquele tempo, tanto os trens quanto a estação são super baixos!


Para comprar souvenirs, produtos típicos,  artesanato, frutas e comidas, o Mercado central é um excelente lugar também para apreciar e aprender um pouco da cultura local e o dia-a-dia dos hungaros. Infelizmente quando chegamos lá já estava fechado, mas é uma enorme construção toda de ferro, com várias bancas dos mais variados produtos, perto da ponte verde, ou seja das margens do rio.

Entre os pratos mais famosos da culinária húngara estão  as sopas e o goulash. Sopa de peixe com páprica e de feijão,são as mais famosas. O goulash  é um ensopado de carne de porco ou vitelo com legumes, mas pode ter a versão sopa também. Os salames hungaros são também famosos, assim como os vinhos. 
Mas pra quem, assim como eu, prefere uma boa bier, a Soproni e Dreher são ótimas e no verão quase que milagrosamente consegui que me servissem gelada ;)
De sobremesa experimente as imbatíveis tortas de maças ou os crepes (Palacsinta).
Pra comer bem sem erro, uma boa dica de restaurante estrelado em Budapeste é o famoso Nobu, com filiais em várias capitais do mundo.



As ruas dos turistas e onde estão muitos barzinhos e restaurantes além da margem que é a Duna-Korzo são a Dèak Ferenc, Vorosmarty Ter e a Vaci Utca, todos passam por aqui. Sentamos um dia no La Cucina, um charmoso italiano na rua Vaci, comemos uma pizza e pedimos um vinho.




















Um dia off de turismo, compramos queijos, presuntos, vinhos e sentamos a beira do Danubio...


Nossa triste despedida foi no Duna Corso à margem do Danúbio, onde não cansavamos de olhar o castelo e apreciar o anoitecer a beira do rio ao som da ópera muito bem executada por uma orquestra hungara que no fim da apresentação se dirigiram até a gente e perguntaram de onde éramos, falamos Brasil e eles tocaram belamente garota de Ipanema.

 
 

E assim demos tchau... ao som de Garota de Ipanema! :(

Mas os posts de Budapeste não ficam por aqui, no proximo vou falar dos famosos Banhos Termais!

Bjos,

By Rê Antunes.



Bjos,


By Rê.







Nenhum comentário:

Postar um comentário