Viena - Austria

Capital da Áustria, com 2,3 milhões de pessoas, Viena é tão Habsburg, tudo nela remete à essa Dinastia, afinal de contas graças aos Habsburgs Viena pode hoje exibir lindos e imponentes predios historicos de uma época de ouro em que foi a cidade mais influente da Europa.

Suas ruas limpas, largas e arborizadas, seu povo elegante e bem vestido retratam um dos níveis mais altos em qualidade de vida, sendo eleita por três anos a melhor cidade do mundo pra se viver.


A cidade é banhada pelo Danubio, da famosa música Danubio Azul, que de azul não tem nada, rsss.... Acho que essa, aliás, foi minha única decepção com a cidade, afinal além de o Danubio não ser azul, ele é um mero coadjuvante no dia-a-dia da capital austríaca. É capaz de vc fazer turismo por toda Viena e ir embora sem nem se quer ver o Danubio uma única vez, a cidade definitivamente não está em torno do Rio, o que é uma pena.

O "Danubio Azul"!

O centro historico de Viena (Innere Stadt) compensa essa decepção, considerado Patrimonio Mundial pela UNESCO ele compreende basicamente a área conhecida como Ring, um anel que é o coração da cidade, onde reune quase todas as atrações dentro dele ou no seu entorno, castelos, parques, museus, quase tudo está nessa área que parece, todos se movem ao som de uma bela ópera.

Staatsoper - O teatro de ópea
Ópera de Mozart e Beethoven são ouvidas por todos os cantos, e para os locais é como se eles fossem verdaddeiros Vienenses, mas na verdade Mozart é mesmo austriaco só que da cidade vizinha de Salzburg e Beethoven é alemão mas viveu por muito tempo na corte da cidade dos músicos como era conhecida, então encontra-se souvenirs e muitas recordações deles para todos os lados, até mais do que de Freud que como legitimo vienense é a personalidade mais ilustre da cidade.



A maior parte do turismo fizemos andando, mas como sempre, uma boa dica de viagem são esses day Pass e Viena nao é diferente, então optamos por comprar logo para 3 dias e foi 14,50 euros.

Quando ir: Fui em Maio, na primavera, e o clima estava ótimo,além da cidade super colorida!!! Com uma média de 20 graus, sem dúvida a melhor época para visitar os países frios da Europa Central. O mês de Junho é excelente, Julho e Agosto são bons também, apenas um pouco mais quente, mais caro e mais lotado, rs... masss com certeza mais coisas acontecem por lá nessa época, você por exemplo pode coincidir sua viagem com os festivais de música da cidade, dentre os principais estão: Wiener Festwochen (clássica), Wien Modern, Donauinselfest in Wien e Donaufestival (música popular).


Como chegar: O aeroporto internacional de Viena recebe companhias aéreas de todos os lugares do mundo, para nós brasileiros acho que o ideal é voar Tap, Tam, ou qlq uma dessas companhias européias e lá pegar um vôo (ou trem) para Viena pela Austrian Airlines.


Bem, eu ja estava na Europa, fui de Munique para Viena, comprei os tickets de lá de Munique mesmo, naquelas maquinas que encontramos nas estações de metrô, acho que quase em qualquer época do ano não teria problemas você deixar para comprar lá, o ideal eh que pelo o menos compre com alguns dias de antecedencia e julho e agosto que são meses de maior turismo na Europa eu talvez tentasse comprar antes pela internet. Bahn é o sistema de transporte que liga a Alemanha à outros países, como a Austria, aqui você pode consultar horario dos trens, duração da viagem, preços, etc.
Onde ficar: Sempre falo que pra mim o ideal é ficar perto das atrações turisticas, por onde você vai andar durante o dia, ou perto de onde você vai sair a noite (caso tenha no lugar uma referencia legal, como o Qartier Latin em Paris, ou o West End Londrino) para aqueles dias que você chega morto sem nenhuma vontade de dar uma esticadinha a noite... aí não tem jeito, ta tudo alí do seu ladinho e tão tentador, heheh... Bem, em Viena não há nenhuma referencia de noite, então meu conselho é ficar mesmo perto do centro, do Ring, onde se concentram a maioria dos pontos turisticos, porém nesse centro ou você pega um hotel bem legal que vai sair meio carinho ou você corre o risco de pagar um valor relativamente alto por um lugar bem ruim, eu pelo o menos não encontrei o famoso BBB e aí acabamos optando por ficar duas estações de metrô do centro, o que ainda achei super perto, rápido e tranquilo de ficar. Mais uma vez na Accor, ficamos no Ibis Messe, perto da estação de metrô, quartos bons e espaçosos e wifi zone free, importantissimo! :)
Por um preçinho justissimo de 70 euros a diaria! Buenooo, hein??!

No p´roximo post vou falar sobre o que ver e fazer pela capital austriaca, aguardem!

Bjos,

By Rê.


Um comentário:

  1. Boa noite, gostaria de fazer um pedido aos leitores ou mesmo ao administrador deste site. Adoro viajar e já visitei vários países, dentre eles a Áustria. Porém recentemente dei inicio a uma coleção de pins (broches/bottons) de bandeira dos países que visitei e acabei não comprando nos locais que estive antes, como o caso da Áustria. Portanto gostaria de saber se há alguém que visite ou more na cidade e que poderia me fazer esse pequeno favor: comprar um pin com a bandeira do país e assim que vier ao Brasil que me enviasse pelo Correio. Todos os custo de compra do pin e do envio serão pagos por mim, antes de receber. Esses pins são bem fáceis de serem encontrados em locais turísticos, bem pequenos e não custam mais de R$10,00. Se for possível que alguém me ajude nesta 'missão', por favor me envie um e-mail (carlosarmando@globo.com) e eu mando a imagem dos pins que procuro e conversamos melhor. Muito obrigado desde já.

    ResponderExcluir