O que ver e fazer em Viena!

O que ver e fazer: Viena foi uma agradável surpresa porque quando estavamos quase pra viajar encontramos um blog dizendo que não tinha muita coisa interessante pra ver ou fazer por lá, desanimamos total!! Aff!
O que acho que foi bom e a cidade acabou nos surpreendendo de maneira positiva depois, e agora posso dizer que discordo plenamente! Viena tem um ar de riqueza, rs... de requinte, que só por isso já justificava a ida, rs...  um povo bonito e educado que nos recebeu muitissimamente bem!
Bem, nosso passeio começou pelo coração da cidade, descemos na Stephanplatz e demos logo de cara com a Stephansdom Church, uma igreja em homenagem à São Estevão, belamente iluminada por dentro, sua cripta é o ponto mais alto da cidade e lá estão os restos mortais da familia Habsburg, assim como de muitos vienenses mortos pela peste negra. 


Saimos andando pela Karntner Strasse, Kolmarkt e a Graben Strasse, as principais ruas do centro, repleta de lojas, cafes e restaurantes. Com alguns minutos de caminhada nos deparamos com a linda Staatsoper, um telão na frente passava um concerto de ópera e as pessoas disputavam uma cadeira na frente do teatro para assistirem, uma cena encantadora de coisas que certamente você só verá em Viena! Tive que me contentar com isso, afinal nao consegui convencer o dignissimo a me acompanhar à uma ópera. :(

 
Continuando pela Ring, chega-se à principal atração, o Hofburg Palace, antes residencia dos Habsburg, hoje abriga um museu, biblioteca, igreja, escola de equitação e é também sede do Poder Austriaco.
Aqui bem próximo ao Palácio estão vários dos principais museus da cidade, como o Kunsthistorisches, Naturhistorisches e o Albertina Museu, além do belo Burg-garten, o principal parque da cidade.
Um pouco mais acima, na Dr K Lueger, você encontra o Palácio da Justiça, o Parlamento, o prédio da Prefeitura (Rathaus) e a Praça Volksgarten.



Para um almoço tipico você pode ir ao Naschmarkt, um charmoso mercado repleto de pequenos restaurantes típicos e asiaticos, como vietnamita, indiano, chines, japones, etc.  




Acho que em 1 dia ou 1 dia e meio você consegue fazer toda essa área do centro e depois partir para visitar por exemplo a Karlskirche Church, igreja construida pelo imperador Carlos VI em agradecimento ao fim da peste que assolou Viena no século XVIII. A igreja é bonita e mistura varios estilos arquitetonicos como o romano e grego. Logo em frente tem uma fonte, onde os jovens se reunem nessa área para descanso, almoço e bate-papo, já que em torno da igreja se encontram muitas universidades.




Mais fora da cidade e uma visita imperdivel é o Schonbrunn Palace, o principal palácio de Viena, concluido na mesma epoca da igreja era a residencia de verão dos imperadores austriacos. Seus mais de mil quartos refletem a riqueza dessa era, nos fundos acima de um jardim de tirar o folego tem um enorme arco, Gloriette de onde se tem uma das melhores vistas do Palacio e da cidade.


Já o Belvedere é um Palacio Barroco construido pelo principe Eugenio de Saboia e é divido em duas partes Belvedere Inferior e Belvedere Superior, a visitação se divide nos dois blocos e em várias exposições de arte, algumas fixas e outras temporarias e os tickets são comprados separadamente, além da área dos aposentos reais que é também um tour diferente.


 



 














Pra quem sempre pergunta quantos dias passar em cada lugar, confesso que Viena é bem relativo, se você gosta de entrar em todos os palácios e igrejas, visitar museus etc., de 3 a 4 dias, mas para aqueles que fazem 'viagem-japonesa' (passa rapidinho, bate um milhão de fotos e deixa pra olhar direito o lugar quando chegar em casa heheh) ou não tem muito tempo, com um dia 1 dia e meio você consegue ter uma boa noção da cidade.

Comer e beber: Em Viena é mais fácil achar uma comida asiática do que européia, acreditem se quiser, é uma invasão que eu diria gostosa, rs... você tem de chinês pé sujos à arrumados tailandeses e japoneses, deliciosos kebabs, aliás o melhor deles, o melhor que ja comemos até hoje foi em Viena, um kebab turco, pois prefiro já que acho o indiano muito oleoso. Voltamos lá várias vezes afinal kebab de novo só indo à Europa! :-s 



Na verdade, a oferta de street food, em Viena é tanta e tão variada que praticamente não sentamos em restaurantes. Os wurstel stands que vendem as típicas salsishas austriacas também são indispensáveis, sem falar dos cafés maravilhosos, adoro tomar café, mas confesso que sou super chata, acho que ninguem faz café como a gente e os vietnamitas, mas o de Viena não ficou atrás.

Agora pra se sentir um típico vienense, é preciso mesmo pedir um wiener schnitzel , ou escalope vienense, uma carne que pode ser de porco, vitela ou peru, bem fina e empanada acompanhada de batatas; para beber uma Ottahringer bier; e de sobremesa a famosa e polêmica Torta Sacher.




Polêmica porque diz que o Hotel Sacher trava uma briga historica com a Demel Confeitaria por quem inventou a torta, o miis interessante é que a torta não tem gosto de nada, e fiquei total sem entender porque trata-se da torta mais famosa do mundo e porque tanta briga! heheh... Olha que comi no tal Hotel, mais original impossível! Fico mesmo com a Applestrudel que é muuuito melhor! Mas a da Alemanha e com sorvete! ;)

Anyway... Idependente de trota sacher, Viena é uma delicia! Valeu cada segundo que passamos lá... Nossas lembranças serão bem guardadas ao som de uma boa ópera! ;)

Bjos,

By Rê.

2 comentários:

  1. Tou vendo que gostou de Viena, realmente é a cidade mais imperial da Europa uma pessoa se sente bem pequenininha. Passa no meu blog já falei de Viena por lá. Voltaria certamente

    ResponderExcluir
  2. Luffi, seu blog é excelente, PARABENS!! Como faço pra seguir?!

    ResponderExcluir