O que ver e fazer em Munique!

Munique é uma cidade charmosa e  não muito grande, mas com muitas atrações turisticas legais que vão desde os melhores museus do país até estadio de futebol e, principalmente, numerosas biergartens.


À primeira vista a arquitetura de caracteristica barroca é o que mais se destaca na cidade, prédios como a Igreja de Frauenkirche e a Rathaus (prefeitura) destruidos durante a segunda guerra foram totalmente reconstruidos e são hoje um dos principais atrativos da cidade e por onde aconselho começar uma visita. Desça na estação de MarienPlatz e saia de cara com eles, depois caminhe pela Kaufingerstrasse, que depois vira Neuhauserstrasse, é uma rua de pedestres repleta de lojas, até chegar à Praça Stachus, a das fontes.

Aqui que está o corpo do Rei Ludwig, da Bavaria.

                                                    

Você pode passar um dia inteiro nesse centro, uma boa ideia é daí visitar o Virtualien Market, um mercado de frutas, comidas, vinhos, salsishas, condimentos, etc. que vc pode apenas conhecer ou parar para um almoço no Nord Sea, agora se preferir pode procurar pelo Rinder Market ou a Frauenplatz que é uma rua e uma praça, respectivamente, com restaurantes e cervejarias cheios de mesas na calçada, e onde você pode experimentar as famosas wursts, salsishas alemães. Nós sentamos na cervejaria Augustiner e exprimentamos a weisswurst, salsisha branca.
  


Ainda do lado esquerdo do Rio Isar, estão os famosos portões de entrada da Munique medieval, que inicialmente eram 4 e agora somente 3, o Isartor, Siegestor e o SendlingerTor. Agora um lugar ainda nessa área e que você não pode deixar de visitar é o Residenz, um palácio no centro de Munique. Cerca de 100 quartos estão abertos à visitação, além das jóias da coroa e artigos religiosos dos primeiros reis da Bavária. O jardim do castelo também é maravilhoso, amplo, otimo para um descanso e para devorar aquele sanduiche que vc terá na mochila, heheh... afinal, turista almoça como mendigo e janta como rei! ;)
Não deixe de visitar o Antiquarium, mais impressionante salão do Residenz, decorado com bustos de lideres romanos e gregos e belas pinturas no forro.


Para o fim do dia que tal visitar a principal cervejaria da cidade, um negócio absurdamente grande e cheio de gente, impressionante, é a Hofbräuhaus, um dos poucos lugares que conseguimos tomar cerveja gelada e que acabamos aproveitando para comer o tal Joelho de Porco Assado! Ahhh, e foi aprovado! :)

Nos outros dias faça as programações que ficam um pouco mais fora desse centro, como 1) Deusth Museum, um museu que retrata o desenvolvimento historico do conhecimento cientifico e tecnologico, a sua coleção engloba as áreas de transporte, aeronáutica e astronáutica, e história da física e química. 2) English Garten, o principal parque da cidade, onde você pode passear de barco, carruagens, relaxar no meio do verde e com o canto dos passaros ou fazer o que há de mais comum para os alemães, tomar cerveja!! Bem proximo a Chinese Tower há uma cervejaria enorme com muitos lugares ao ar livre pra sentar, só torcer pra não pegar o mesmo frio que eu! :) 3) Pinacoteca, um dos mais importantes museus da Alemanha, com exposições de arte antiga, aberto desde 1836.

Outras atrações agora um pouco mais longe são: 4) Allianz Arena, o estadio de futebol da cidade, onde jogam os dois mais famosos times de Munique, o Bayer de Munique e o Munique 1860, o estadio muda de cor dependendo de quem joga. 5) Museu da BMW. 6) Olimpia Park e 7) O Castelo de Nymphenburg, que era a residencia de verão dos reis da Bavária tem belos jardins e uma fonte na entrada, a sua coleção conta com pinturas valiosas, louças imperiais e carruagens, foi nele que nasceu Ludwig.



A Bavária era um estado independente da Alemanha até a unificação, tinham reis, costumes e cultura própria, dentre os principais reinados está o de Ludwig, conhecido como o Rei Louco da Baviera que ordenou a construção de vários castelos extravagantes, mas viu apenas um ser concluido, Schloss Linderhof, o menor deles. Graças a sua loucura deixou de herança estes castelos que estão hoje entre os lugares mais visitados de Munique. O Neuschwanstein é um castelo de contos de fadas, e visita quase que obrigatoria, começou a ser construído em 1869 e dizem que foi neste palácio que Disney se inspirou para construir o castelo do seu parque temático. O Rei Louco da Baviera tornou-se obcecado por eternizar a ópera de seu grande idolo Wagner e por deixar algo tão grandioso que tivesse sido inspirado no mundo da magia e dos sonhos.. acho que conseguiu... pena nunca tê-lo visto pronto e belo.


À primeira vista eu disse que a arquitetura barroca chama mais atenção, e à segunda é definitivamente o espírito jovem do povo da Bavária, a cerveja, as biergartens, que pra quem não sabe,  são cervejarias ao ar livre, que em geral ficam dentro de parque ou contam com um jardim aos fundos, ou seja, um ambiente agradável e convidativo ao ar livre para experiemntar as famosas cervejas alemães.
As três fotos são no English Garten, um parque onde tem uma das principais biergarten

Munique é jovem e animada (pelo o menos na primavera quando visitei) e beber cerveja é talvez a principal diversão deles, portanto é imprescindivel que você consiga conciliar esse ato ao turismo, pois tem muitas delas para se experimentar... sair de Munique sem beber inumeros tipos de cerveja é como vir ao Brasil e não beber caipirinha, ir a Viena e não comer a torta sachê, ou ir à Roma e não comer massa! Almost an evil!

Além das cervejas, é claro que as salsishas também são indispensáveis, é interessante que você descubra a maneira certa de comê-las pra não se decepcionar, uma weissbier (cerveja de trigo) pede uma weisswurst (salsisha branca) e uma super mostarda temperada e levemente adocicada (que não sei o nome). De sobremesa, e que vale cada garfada vá de Applestrudel o doce tipico dessa região da Europa, mas que foi em Munique que eu comi o melhor deles, na Doceria Rischart!




No final tenho que dizer que esta parte da Alemanha foi uma experiencia deliciosa!

Bjos,

By Rê.

Um comentário: