Entre lagos: Interlaken - Suiça

Como o nome sugere Interlaken situa-se entre dois lagos ao pé dos Alpes: o Thunersee e o Brienzersee. E cada lago banha as respectivas cidades: Thun e Brienz (essa ultima onde estivemos, para visitar a minha madrinha).




Sabiamos pouco da Suiça antes de ir e de cara até estranhamos o porquê de ela dizer para nos hospedarmos nesse vilarejo, ao inves de um lugar maior como Genebra ou Berna, mas depois logo entendemos, além do charme da cidade ser cercada por montanhas e lagos, Interlaken fica repleta de turistas o ano inteiro e o turismo é praticamente a única fonte de renda da cidade que atrai esquiadores no inverno e visitantes como a gente que querem apreciar a paisagem no verão. Como típica cidade turistica há hoteis e restaurantes em abundancia, fato que junto à localização à beira dos lagos e à fantástica vista das montanhas, faz da cidade uma boa base de onde partir para explorar a região.


Apesar de ter muitos hoteis é importante você reservar com antecedencia em qualquer epoca do ano, pois a cidade fica realmente cheia, nós por exemplo tivemos que nos dividir entre dois hoteis o Du Nord e o Weiss Kreuz, dois hoteis super simples, mas tranquilos de ficar, que não me lembro bem mas acredito que custaram entre 300 e 400 reais. Caso queira ficar bem hospedado prepare-se para abrir o bolso porque se a Suiça de um modo geral já é cara imaginem a super badalada Interlaken, heheh... é muito raro encontrar quartos por menos de 150 dólares por lá mesmo que em albergues ou hoteizinhos simples.



A parte mais antiga e pitoresca de Interlaken é Unterseen. Já Hoheweg é a principal rua de Interlaken, onde você encontra lojinhas de souvenirs e o Jardim japonês.



Ao sul está a famosa cadeia de montanhas do Jungfrau. O Jungfrau é um dos picos mais famosos dos Alpes e tem 4.158m de altura, fica a 20km ao sul de Interlaken. Quase tão altas como o Jungfrau e próximas a ele, ficam as montanhas Mönch e Eiger.
A área que se estende entre Interlaken e as montanhas é cheia de vales e vilas alpinas absolutamente fascinantes!!! De Wengen e Grindelwald (que são duas vilas alpinas muito fofas) pode-se subir de trem para Kleine Scheidegg e daí para Jungfraujoch, um mirante no alto do Jungfrau. Mas a nossa escolha, ou melhor, nosso super guia achou melhor irmos ao Schilitorn que é uma das montanhas mais visitadas e além da montanha e do passeio propriamente dito, tem o restaurante giratório lá em cima onde vc pode apreciar as cadeias e ainda dizer que esteve no cenário de um dos filmes do James Bond :))




O passeio ao Schilitorn é passeio de quase um dia inteiro, pois demora em média 1h pra chegar ao topo da montanha, 1 hora pra descer, mais o tempo de conhecer e curtir a neve lá em cima, além das delicias do restaurante que não se pode dispensar. Até lá são usados vários meios de transporte, primeiro pegamos um onibus até a estação, lá pegamos o trem q nos levaria a um teleferico, sempre subindo e isso tudo já entre as vilas alpinas, onde entre um meio de transporte e outro é possível parar pra passear e conhecer a vila, algumas contam com charmosos bares e mesmo aquelas que não tem muitos atrativos são legais de ver as casinhas, os donos tirando leite de vaca, seus jardins super caprichados ou mesmo a vista das montanhas, que é maravilhosa de cada uma das vilas. Fomos por um caminho e voltamos por outro, pra conhecer vilas diferentes. E como tudo é muito encantador e difícil de descrever resolvi colocar vááárias fotinhos ;))



 
Todas essas fotos acima foram na subida. Inclusive desse bar ao lado e por isso acabamos nem sentando...  :(
Já maravilhados com essas vistas todas ainda demos a sorte de lá em cima em pleno verão, isso mesmo, no verão, nevaaar!!! E a nossa visita a montanha ficou ainda mais encantadora, ninguem acreditava ou esperava que fosse ver neve no verão suisso. Como crianças pulamos, brincamos e nos divertimos com a neve para espantar o frio , hehehe...


 

Nada poderia ter sido melhor!

Brienz no proximo post.

Bjos,

Rê Antunes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário