Tailandia - Phuket

Sabe aqueles lugares que mesmo sem conhecer ou ler muito a respeito você tem uma vontade louca de ir um dia???!! Pois eh, pra mim esse lugar era a Tailandia!

Essa louca vontade fez o meu sonho virar realidade mais rapido do que eu poderia imaginar, bastou pisar na Ásia pela primeira vez e mesmo que a trabalho, sozinha e na China dei um jeito de dar uma esticada até Phuket (Bangkok ficou para uma próxima vez), graças aos amigos queridos que viajavam no mesmo grupo que eu e que não pensaram duas vezes na minha sugestão! ;)

Só a sensação de saber que estava indo pro paraíso já me satisfazia imensamente, trocar o friozinho e o céu cinzento da China pelo clima tropical e o calorzão de Phuket então, uuuuuh me enchia os olhos!

Phuket é a maior e mais turistica ilha do Reino da Tailandia e sua fama se espalha pelos quatro cantos do mundo, portanto uma vez na Tailandia a visita é quase que obrigatória. Vários quilometros de praia com água azul, areia branca, a maior concentração de resort que ja vi, um povo que dá vontade de colocar no colo e uma comida que depois que vc experimenta provavelmente vai desejar pro resto dos seus dias... WELCOME to Thailand!


Foto tirada do hall do hotel
Brasileiros que pretendem ficar por até 30 dias na Tailandia não precisam de visto.

Quando ir: Qualquer época, pois o clima é quente e úmido durante todo o ano, porém no período de Maio à Outubro tem mais chuvas do que o normal. A alta temporada vai de Novembro à Fevereiro.
Fui nos ultimos dias do mês de abril, a cidade tava bem tranquila com poucos turistas e nada de chuva.

Tsunami evacuation plan abaixo

O fato da Tailandia, assim como os países do Sudeste Asiático, estarem localizados em uma faixa de terra do planeta (denominada de Círculo de Fogo do Pacífico) situada sobre zonas de contato entre placas tectônicas existentes na crosta, aumenta a ocorrencia de atividades vulcanicas e sismicas, portanto desastres como vulcões em erupção, terremotos e maremotos acontecem com mais frequencia nessa parte do mundo e diferente dos tufões das Filipinas não há um período mais propício, podendo ocorrer em qlq época do ano. Há quem deixe de viajar por medo desses acontecimentos, o que não é o meu caso, mas confesso que depois que vc chega lá e se depara com avisos do risco de tsunami e principalmente, quando vc bate a porta do seu quarto de hotel e atrás dela junto ao plano de evacuaçao em caso de incendio está a rota de fuga de tsunamis... bate um medinho e uma preocupação que é melhor nem pensar!

Como chegar: Phuket está a 70 minutos de vôo da capital Bangcoc. Saindo da capital tailandesa você pode voar Nok Air, Air Asia, Bangkok Airways, etc. Mas também diversas capitais asiaticas tem vôo direto para a ilha, sem precisar parar em Bangcoc, eu por exemplo, sai de Hong Kong direto para Phuket pela Air Asia, 3hs 30 de vôo. Na alta temporada é possivel até encontrar vôos direto entre Phuket e Europa ou Australia. Como compramos em cima da hora não foi tão barato, custou algo em torno de 300 dólares ida e volta.

Onde ficar: Há uma variedade enorme de acomodações na ilha, em geral com ótimos preços, com exceção da alta temporada quando eles sobem um pouco e aconselha-se fazer reservas com antencencia. Patong beach é a praia mais popular e urbanizada de Phuket é onde se concentra a maior parte de hoteis e resorts, a vida noturna tb está em torno desta praia que em termos de belezas naturais deixou muito a desejar em relação a outras, mas como disse é onde está toda a movimentação da ilha e a proximidade entre os hoteis e a praia é tb um diferencial.
Fui na baixa temporada então conseguimos um ótimo preço num excelente hotel que super recomendo, é o Novotel Resort, por apenas 100 dólares, não é bem na orla, pq fica numa bifurcação mas é como se fosse e vc vê o mar do quarto.


                                                          
O que ver e fazer: Conhecer as belas praias da região é sem duvida uma das melhores programações de quem visita Phuket. Os hoteis oferecem vários passeios que você pode optar pelas praias do norte ou do sul, além de muitas ilhas paradisiacas como Phi Phi Island.
Em Patong beach, a praia do centro, durante o dia vc pode receber uma boa massagem tailandesa, alugar jet ski, passear de caiaque, ou simplesmente deitar ao sol, a noite você tem boas opçoes de restaurantes e bares à beira-mar.




Além das praias Phuket tem muitas outras atrações para visitar, como um Parque de Crocodilos, As cachoeiras e o Chalong Templo.




Vc pode também, assim como eu, arriscar um passeio de elefante e assistir a uma apresentação com cobras.

 

Outros atrativos da ilha: O turismo sexual é o grande chamariz da versátil Phuket, vista como o pior destino para recém-casados devido sua Bangla Road repleta de bares e boates de pole dancing, pode ser considerada a viagem perfeita por milhares de europeus que alí estão pelo prazer sexual, perfeita também para famílias e casais que procuram por praias e passeios paradisiacos, podendo ser a Phuket-descolada na opinião dos australianos e jovens que buscam por animação. Enfim, a versatilidade da ilha acaba por agradar, se não a todos, pelo o menos à muitos!


Quem conhece o livro Comer, Rezar e Amar da Elizabeth Gilbert talvez já tenho escutado falar também na versão masculina do livro: Beber, Jogar e F@#er, de Andrew Gottlieb, onde ele viajar pra beber na Irlanda, pra jogar em Las Vegas e f@#der na Tailandia, então por aí vcs podem entender a fama desse tipo de turismo por lá.

Vista da rua

Apesar desse lado digamos assim ruim, eu confesso que voltaria lá até em lua-de-mel. Ja tive a oportunidade de visitar Natal no Rio Grande do Norte e Phuket ambas com o mesmo apelo sexual no entanto posso dizer com toda certeza que na Tailandia não senti nem a metade do incomodo que senti na cidade brasileira, até porque se eu disesse que as tailandesas são vulgares eu estaria mentindo, além do mais o fato de a maioria delas se concentrar na rua Bangla lhe dá a opção de querer ou não se chocar com essa realidade.


Detalhes para o grupo de amigos sentados lá atrás como num bar normal

Na Bangla Road assim como no Red Light District de Amsterdam, se concentram as mulheres que estão "à venda", com a diferença que na Tailandia elas não ficam em vitrines, estão nos bares, bares abertos onde qualquer um pode ver mesmo da rua ou entrar, sentar, conversar com elas, pagar uma bebida sem necessariamente ter que fazer sexo ou pagar pela conversa ou pela entrada.

Entre Natal, Amsterdam e Phuket eu fico com a ilha da tailandia, onde os cenários variam de comico a decadente e uma experiencia menos agressiva aos olhos.

By Rê Antunes

16 comentários:

  1. Adorei os posts, moramos em Macau e estamos programando nossa primeira viagem a Tailandia.
    Obrigada pelas dicas!!

    Patricia

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Patricia, vcs vao amar! Me arrependo só nao ter feito um esforço maior pra ir ate bangcoc :( Divirtam-se!

    ResponderExcluir
  3. Estou indo a Tailandia pela primeira vez, moro tbem na asia, Japao!
    Amei suas dicas e irei procurar o hotel pois irei justamente pra Phuket ! Obrigada desde ja.

    Cris JP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cris, se possivel faça a reserva com antecedencia pela internet pois a tarifa de balcão é outra. Torço para que goste pois sou apaixonada pela Tailandia, pelo povo e pela comida!
      Aproveitem e depois conta pra gente o q achou!

      Excluir
  4. A Tailandia realmente e paradisiaca, morei em Bangkok durante cinco anos, estou de partida para Phuket irei ficar la durante esse ano. Trabalho na area de esportes e com certeza sera um lugar muito especail... Abraçoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem duvidas será um periodo otimo Jackson!
      Espero que não só pelo lugar mas para sua profissão tb!

      Lā k̀xn!!

      Excluir
  5. Renata tudo bom ?

    Seguinte: recentemente um amigo meu fez uma viagem à Tailandia e fez um comentário semelhante sobre turismo sexual local. Bom, estava pensando em ir de lua de mel com minha noiva no final de Abril/2014 mas fiquei um pouco receoso ou, posso dizer, com certo medo de ir para Phuket.
    Tem como você reforçar sobre essa questão ? Tipo se vale ou não a pena ir para Phuket, se o pessoal que vai pra la, diz ele que muitos russos, vão para fazer "bagunça" (putaria, enfim se vamos ficar incomodados com a situação ou não é visual caso não procuremos por esse tipo de atividade. Muito obrigado desde já

    ResponderExcluir
  6. Ola , Valeu pelas dicas !!! Sobre Natal , O turismo sexual mudou muito !!! Não é mais como antes !!!

    ResponderExcluir
  7. OI renata, eu moro em Phuket, fico muito triste em ver o quanto blogs sobre viagens falam mal de Phuket, como se o Brasil fosse um paraiso. Porem acredito que tudo depende da maneira como voce enxerga as coisas ao seu redor, nao digo isso porque moro aqui mas eh que vejo tanta gente criticando Phuket ou ate escrevendo "nao conheca phuket". Aqui tem atracoes para todos os tipos, basta se informar, ou ate mesmo procurar informcoes sobre lugares que ainda nao sao tao explorados por turistas.

    parabens pelo seu post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renata, opinião sobre destinos é mesmo muito subjetivo! As variáveis q fazem a gente criar uma imagem de algum lugar são muitas e realmente minha ida a tailandia dessa vez aí foi tão perfeita, deu tudo tão certo o tempo estava maravilhoso, as cias muito agradáveis q enfim só tive coisas boas a falar... Mas confesso que entendo quem tem opinião diferente, é como vc indicar o melhor restaurante do mundo na sua opinião pra alguém e a pessoa não gostar, ela definitivamente pode ter errado a pedida!
      Então, a segunda vez que estive em Phuket com meus pais, já não foi tão legal assim, o mar estava ruim, nossa lancha não conseguiu se quer atracar em Phi Phi, e outros contratempos de viagem tb contribuíram para q não fosse tão perfeito assim e se tivesse escrito sobre o lugar depois disso certamente ia ter uma outra impressão.
      Mas graças conheci Phuket diferente, de uma forma bem agradável e até a Bangla Road achei interessante e curioso, kkkk... Brincadeiras a parte, Não esquenta não, "sua cidade" é muito interessante, foi o primeiro lugar tailandês que pisei e nunca vou esquecer! ;**

      Excluir
  8. Quero muito conhecer a tailandia mas a questão e: como faço pra levar a Bali, minha cachorrinha? Ela só tem 30 quilos (e bem grande, como você pode ver)... ;) e uma viagem perfeita não e perfeita sem seu maior amor....no caso, a Bali, já que não quero compromisso com ninguém por enquanto! Hahahaha mas, sério, como faço pra levar a Bali pra Tailândia? Sou médica, tenho q fazer uma tese lá........

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa agora vc me pegou! :)
      Acho que o que complica é a distancia, muito tempo de vôo e espera entre as conexões... mas acho que vc poderia consultar a embaixada da Tailandia no Brasil pra checar essa possibilidade.
      http://www.thaiembassybrazil.com/pt/

      Excluir