Afinal o que se come na China?

A culinária regional pode ser o principal atrativo turístico de muitos lugares, afinal várias pessoas viajam para comer, mas esse não é o caso nem da cozinha chinesa que além de não ser nenhum atrativo ainda carrega uma fama terrível, e nem o meu que não viajo para comer, mas já que to viajando experimento sempre alguns pratos bem típicos da região.


Depois de um tempo de China pude perceber que a fama terrível dita acima é um tanto injusta e se justifica mais pela idéia que as pessoas tem sobre os chineses serem sujos do que pela sua comida propriamente ser ruim, afinal descobri que apesar de não ser fácil pode se comer muito bem por aqui.
O grande erro da maioria dos ocidentais que visitam a China (foi o meu por um tempo tb) está na escolha do pedido, 1º erro: pedir comida ocidental na China dá errado 90% das vezes, inclusive com a básica cozinha italiana; 2º erro: a falta de conhecimento sobre a cozinha chinesa e o idioma dificulta acertar a pedida, portanto esqueça o preconceito e peça pratos chineses ou então vá nas milhares de redes internacionais de comida e tente também entender um pouco a culinária de cada região pra saber o que pode vim pela frente e quem sabe descobrir um prato ao seu estilo e muitas vezes até bem parecido com a comida da nossa casa.
A cozinha chinesa assim como a nossa têm diferentes estilos que dependem principalmente da região e do modo de preparo, eles a classificam em "oito escolas culinárias": Lu, Yue, Su, Chuan (respectivamente Norte, Sul, Leste e Oeste), Ming (de Fujian), Zhe ( de Zhejiang), Xiang (de Hunan) e Hui (de Anhui).
Tive a chance de experimentar 03 escolas:

- Escola Zhe, onde os pratos de Hangzhou são os mais famosos, aqui come-se bastante aves, além de alguns frutos do mar cozidos a vapor, o molho agridoce tb é caracteristico. Foi em Hangzhou que comi os dumplings do Xiao Long Bai, com direito a manual de como comer e tudo! :) Eles são o que chamamos de guioza.





 

Frango com molho agridoce e noodles

- Escola Yue é do sul da China, em especial da cidade de Cantão e sem dúvidas a mais famosa de todas, pois é esse tipo de comida que encontramos nas "Chinatowns" de vários lugares do mundo, com uma forte presença de frutos do mar seus alimentos são em geral fritos, grelhados ou guisados. Sem desmerecer o frango xadrez, rolinho primavera, etc. a glória dessa escola é sem duvida os "dim sum", que são rolinhos, bolinhos, pastéis, enfim um sortimento de coisinhas pequenas recheadas com carne de porco e/ou camarão, cozidos no vapor e absurdamente deliciosos!!!!  Calma, que nem tudo é só flores na culinária cantonesa, pois eles costumam comer tb animais selvagens, portanto fique atento ao que pede e ao que lhe servem, pois é mais fácil lhe servirem cobra do que cachorro como todos acham.

Em sentido horario, 1- Har-gau; 2 - Siu mai; 3) Char siu baau 4) Egg tart (esse é +-, é doce, tipo pastel de belém)
 
Cobras no cardapio vivo de um restaurante em Cantão

 - Escola Ming, da região de Fujian, região rica em frutos do mar, frutas, legumes. A comida dessa região é um pouco mais apimentada, no entanto se puder pedir sem, vc provavelmente vai encontrar muitos sabores leves e gostosos. Experimentei a "escola Ming" num almoço de trabalho quando me levaram a um restaurante onde os animais estavam todos vivos e vc escolhe sua comida num cardápio ao vivo e a cores, não tenho problemas com isso, mas... o cheiro pode não ser muito agradavel. Então acabei achando que vinha bomba por aí e confesso que bateu um desespero-zinho.

O cardápio

Do tanque direto pra minha mesa!

Os chineses preferem restaurantes que tenham salas onde vc tem sua mesa grande redonda e pode ficar mais a vontade e assim era este.
                                                                                                                                                                                                           
Acabou que no final das contas foi tudo tranquilo e agradavel, a comida tava otima, não veio apimentada e aproveitei a conversa pra fazer meu interrogatorio sobre os costumes, habitos e cultura dos chineses. Esse foi um dos almoços que mais me ensinou, descobri por exemplo que as refeições são uma grande celebração, ninguém tem prato indivdual, eles pedem várias coisas diferentes e nas tradicionais mesas redondas os pratos são colocados no centro giratorio onde cada um com o seu hashi vai pegando de cada prato um pouquinho. Se há convidado, como no meu caso, eles não se servem de nada enquanto eu não o fizer primeiro, acompanham o visitante na escolha da bebida e na hora da conta se pretende pagar se antecipe o faça ao ir ao banheiro, NUNCA discuta ou insista na hora que ela chegar pois não é visto com bons olhos por eles que na maioria das vezes não deixam nem vc a ver.

Os chineses são de um modo geral magros e não consegui entender muito bem porque, pois além de comer bastante eles costumam ter pratos muito gordurosos, tvz o chá que tanto bebem seja de alguma maneira milagroso. O chá está para o chinÊs quase como a água e o café estão para os brasileiros.
Voltando pra comida, além de gordurosa, duas coisas contribuem para que as pessoas tenham a ideia de que a comida chinesa é de péssima qualidade, primeiro a aparencia (mesmo quando o prato está bom) pois a apresentação dos pratos não é um forte dos chineses, e o cheiro, normalmente forte de alho ou de pescados vivos nos restaurantes são um tanto quanto repulsivos.
A exemplo de quando experimentei os Fish Balls de Fujian, levada tb por uma moça de uma fabrica q fui visitar, fiquei chocada com o cheiro do lugar, um cheiro horrivel de mercado de peixe e a cara dos bolinhos de carne de tubarão com recheiro de porco tb não era das melhores, mas acabou que no final das contas o gosto me surpreendeu, comi tudo e quase repito... heheh...



Enfim, comer na China é uma aventura, a cada novo pedido ficava numa expectativa enorme, errei muitas vezes, em geral quando estava só, afinal não entendia o cardápio. Ver as pessoas famintas se agarrarem a comida dá gosto assistir. Constatar que de fato eles comem grilo, barata, escorpião é um pouco assustador de início. E experimentar esse exotismo é uma experiencia única e imperdível!
 



Portanto, uma vez na China não deixe de experimentar pratos como o pato de Pequim, galinha defumada, pato defumado, os guisados de porco, os dumplings, estrela do mar, e principalmente os dim sum. 
 
 
Bjos,

By R.A

Leia também: China - Pequim ou Beijing (Video comendo escorpião)

    

3 comentários:

  1. ótimo post, muito esclarecedor, pois nós brasileiros somos muito preconceituosos com a comida chinesa, você quase me convenceu do contrario, rs...
    PRABENS!
    Renata Santos

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post, eu sou um dos que viajam para comer rs, não é o único objetivo é claro, mas adoro experimntar comidas diferentes. Não sei se eu encararia o escorpião rs.

    O post ficou ótimo, parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Quando eu for na China vou passar fome porque não como isso ai que você falou com cheiro de peixe de jeito nenhum. O jeito é apelar pros fast foods e olhe lá.

    ResponderExcluir