Sobrevivendo à China

Depois de cruzar o mundo, tudo fica uma bagunça, vc chega morto de cansado, mas não pode dormir pq ainda é dia, quando lá no Brasil já é noite e vc está no quinto sono, aqui é hora de almoço. A nossa cabeça fica confusa, afinal todo mundo precisa de alguns dias de adaptação quando chega aqui, o choque cultural é muito grande e de cara tudo vai lhe assustar, inclusive o cheiro. É isso mesmo, o país, ou as pessoas não sei, tem um cheiro! Mas calma, pois mais importante que o cheiro é vc ter consciência que NINGUÉM, eu disse NINGUÉM fala inglês. Então, pesquise direitinho todos os endereços dos lugares que vc pretende ir e peça pro concierge do hotel escrever em mandarin pra vc poder mostrar ao taxista. Faça isso diariamente, com todo o seu itinerário e não saia de casa sem o cartão do hotel ou o seu endereço anotado, e não adianta ser foneticamente, tem que ser em caracteres mesmo!

A comunicação aqui só existe a trabalho, fora isso não falo, ninguem me entende! Na verdade já me peguei falando só algumas vezes pra não perder a prática e olha que nunca tive esse habito!

Hoje aconteceu um negocio engraçado, cheguei numa cidade nova chamada Taizhou, escolhi um hotel que tem no nome internacional, já pensando na comunicação, mas chego aqui e ninguem fala ingles. Dificuldade desde o check-in, mas tudo bem o moço tinha boa vontade e conseguimos resolver, subi, deixei minhas coisas e desci, tava morrendo de fome (aliás durmo e acordo com fome isso eh um capitulo a parte), ele é tipo um concierge não sei qual seria outro nome em hoteis que não tem este cargo, então fica concierge mesmo, fica ao lado separado dos demais funcionarios, com roupa diferente e tudo, na hora do meu check-in foram chamar ele pq supostamente falava ingles, ou deveria falar, então quando desci voltei lá com ele pra pegar sugestão de restaurantes proximo, saber se o do hotel estava funcionando àquele horário, etc. mas gente... gente!!!!! Ele nao entendia uma frase do que eu falava! Nem o nome do restaurante do próprio hotel ele conseguiu entender! To falando do restaurante do hotel em que ele trabalha!!!!!! Como pode??? No final das contas não tem estresse pq é tudo tão engraçado, áí então ele aponta pro lado e começa andar fazendo sinal pra eu seguir ele. Pensei: Ufa, entendeu que eu tava perguntando onde era o restaurante do hotel e se tava aberto, enfim ele vai me levar lá!
Mas não!! Nãooooooo!!! Ele tava me levando pro escritorio dele, abriu o internet explore, um tradutor, e pediu pra eu digitar, hahahahah... quase me espoco de rir!! Não acreditava naquilo! Ficamos conversando pelo tradutor dele e no final das contas decidi simplificar tudo e pegar a opçao mais fácil, mais rapida, mais próxima, mas que odeio: KFC! Foi o jeito, tava morrendo de fome!! E ele coitado foi me levar até lá, na chuva! Eu puxei minha sombrinha e ele sem nada foi andando ao meu lado até uns 50 mts antes quando me apontou o lugar e  voltou, mas não sem antes me deixar o fone dele caso precisasse pedir alguma coisa ou falar algo que não me entendam eu poderia ligar pra ele! Bem, nem todos chineses são como esses, claro!
  
Mercado de yiwu
Miniatura do mercado
Alguns por sinal são bem rudes, nada simpaticos, cara emburrada e de poucos amigos. Porém já tive 3 bons exemplos, esse foi um deles, o outro foi um Sr. e uma Sra. de uma loja que visitei numa especie de shopping e deixei minha camera com dinheiro e tudo dentro da capa. Voltei e tava tudo intacto eles esperando para devolver, e claro sem gorjetas pois seria uma ofensa a eles. Outra foi uma moça, numa especie de exposição de vários produtos, onde eu tava visitando alguns "stands" e ela circulando por lá a trabalho (promovendo a empresa que ela trabalhava de exportação), chegou perto de mim puxou assunto, se ofereceu pra ficar comigo, ser uma especia de interprete, sem nada em troca, passeou pelo complexo a manhã inteira comigo, me ajudou achar determinados produtos, enfim foi minha guia e me ajudou bastante. Xièxie Jenny!

Western ainda não são vistos normalmente por aqui, é impressionante como eles se assustam comigo, como me olham muito. No inicio achava super engraçado e ficava rindo por dentro pelo fato da minha presença nunca passar despercebida, me imaginava um ser anormal e me divertia com isso, agora to começando a ficar irritada e acho que vou aprender a falar: "o que foi?" em mandarim pq é desconcertante esse povo te olhando estranho o dia inteiro. Antes de ontem visitei um mercado noturno, na cidade de Yiwu e depois de lá resolvi andar um pouco antes de pegar o taxi, me deparei com uma casa de massagem, que pra minha sorte tava escrito em ingles: foot massage e só assim pude saber do que se tratava e entrar. Na recepção apontei pro pé e ela me mostrou os preços e o tempo que era de 60 minutos. Subi, me apontaram uma sala, entrei, e a massagem é tipo num quarto grande, com várias poltronas grandes com puffs na frente para colocarmos os pés, levei um sustinho pq naum tava esperando isso, mas sim uma sala reservada, mas susto maior levaram as pessoas que estavam fazendo massagem, todos me olharam com caras de bestas, alguns riram, outros ohhh, hehehe, gente me senti de outro mundo! Quebrei o silencio da sala, a minha massagista me olhava, conversava com a colega do lado, o povo que tava fazendo a massagem começou a falar tb, e depois me dei conta que estavam especulando de onde eu era, aí disse: 巴西- Bāxī (Brasil em mandarim). E mais: ohhh Bāxī Bāxī ! Um burburinho só, tudo muito comico, agora entendo o meu pai quando foi à Copa do Japão e falava que as pessoas paravam ele na rua pra tocar os pelos dele do braço, heheh... eles são demais!

Quanto a massagem, muuuito boa! Fizeram até aquela tecnica que o Jackie Chan usa no karate kid, quem viu sabe do que to falando, com o fogo e uma vasilha de vidro. Além da foto tem um video aí em baixo, não ta muito bom mas da pra ver...




video


 Hoje pela primeira vez sai do serio aqui! Buzina é bicho besta pra eles! Buzinam pra tudo, toda hora! Viajar de onibus então! Ufa! Depois da viagem de hoje lembrei que a primeira vez que vim na China que fiz o percurso Hong Kong-Guanzhou de onibus foi a mesma coisa, tava cochilando e me assustava toda hora com a buzina, só que pensei que aquele motorista fosse uma exceção, hoje vi que não era. Todos são assim! A buzina de onibus é alta, estridente, terrível, imagina escutar isso de 30 em 30 segundos?!! O pior de tudo, sem motivo, o transito é relativamente tranquilo, não tem motivo pra isso tudo. Estressei, queria gritar com o motorista, perguntar porquê, pra quê, se ele tava enxergando coisas na frente dele, etc, etc, etc, mas tudo que fiz foi fazer um video q vc pode ver aí em baixo que não to mentindo... ah e ve até o final que o motorista da uma caprichada, heheh... (Não consegui colocar o video de jeito nenhum, mas vou continuar tentando...)

É isso aí, aos trancos e barrancos eu vou sobrevivendo à China! :-)


Zàijiàn!

Bjos,

By R.A - from China






2 comentários:

  1. Cunha, vc é uma guerreira!!!n tenho idéia de omoaguentas td isso!hehehe

    ResponderExcluir
  2. Cunhaa eu adoro td isso! Heheh, claro q o banheiro poderia ter vaso, os chineses falarem inglês, a comida ser mais cheirosa, mas enfim vou sobrevivendo :)
    Bjoss

    ResponderExcluir