Rê na China: comunismo = consumismo

Visitar a China de hoje significa ver uma China completamente diferente daquela que estudamos na escola. O passado comunista saiu parcialmente de cena e hoje da lugar a hotéis de luxo, redes de franquias internacionais espalhadas por todo o país, rodovias com pedágio e trens de alta velocidade, enfim o consumismo cresce a cada dia e no momento a China acaba de passar o Japão e se torna a segunda maior economia do mundo.

Plaquinhas indicando a Starbucks e Haagen Dazs no West Lake de Hanzghou

Eu disse parcialmente porque a presença do comunismo chinês ainda é bastante exarcebada, e se manifesta através do forte controle que o governo exerce sobre a população, imprensa, bancos, e absolutamente tudo que vc puder imaginar, pois ele, o governo, é o dono de quase tudo (entenda como tudo bancos, companhias aereas, operadoras de telefone, televisões, etc., etc.)!
O governo controla as notícias e assim, indiretamente, controla tb o que o chinês pensa, e o povo de um modo geral não é descontente com esse governo que para nós pode ser autoritário, mas para eles gera resultados e faz da China, cada dia mais, uma grande potencia.

Bank of China - estatal e o principal daqui

O céu da China é cinza e não pense vc que tem a ver com a época em que estou aqui (outono), não! Por mais que o sol dê as caras aquela mesma nuvem continua lá, não é neblina, é uma nuvem de fumaça, de poluição, sempre presente no céu chinês resultado de uma civilização que está entre as mais velhas do mundo e vem poluindo há anos. O pior de tudo é que o povo não tem nenhuma consciência ecológica, ou pelo o menos que eu tenha percebido.

 
A nuvem de poluiçao

Quanto ao controle da imprensa pelo Estado eu queria dar um exemplo famoso, como alguns de vcs devem saber, o caso do Google que deixou a China há alguns meses atrás pois não gostaria mais de ter que redirecionar resultados de suas buscas devido a censura. Dessa forma, sites que "desafiam" o governo como Google, You tube, diversos blogs, Orkut, etc não podem ser acessados do país. E como exemplo menos famoso, o meu caso, hehhe... que desde o dia 19/09 passei a ser tb vítima da censura imposta pelo governo chinês, uma vez que não posso acessar o meu blog daqui, mas como para todo bom brasileiro tudo dá-se um jeitinho, cá estou eu, usando um programa (pago) para poder acessar o blog nesse período de China.

É difícil explicar e para nós brasileiros entender como o povo chinês convive relativamente bem com todo esse controle, afinal é uma questão cultural, histórica e religiosa, to falando das raízes confucionistas da cultura chinesa, onde segundo Confucio, a autoridade, dependencia e hierarquia são necessárias para se encontrar harmonia em todos os aspectos da vida. Então, o que para gente acaba sendo muitas vezes absurdo, pra eles é sensato.


China Mobile - operadora de celular estatal


Por exemplo, que a China é um "huge country" e que tem muuuuita gente, todo mundo sabe, mas nem todo mundo viu! Eu vi e to vendo! É gente que não acaba mais. Pra todo lado. Todas as cidades que passei são enormes. Uma loucura! Daria para evitar o caos num país desse tamanho sem esse autoritarismo???
Bem, não sei, mas sei que a China tb tem a justiça que mais executa pessoas do mundo, e ainda manda a conta da bala pra família pagar. Vc comete algum delito e é julgado e condenado em 1 mês. Resultado disso: um país seguro! Mesmo com muitos pobres, com gente saindo pela culatra, a China é um país seguro! Vc não ve assaltos, assassinatos, sequestros. Então, quem tá errado? A China país que mais executa condenados e garante a segurança do restante? Ou o Brasil que não executa condenados mas permite que milhares de inocentes sejam executados todos os dias por bandidos? Difícil falar! Realmente muito dificil!

Quando "vivemos" um pouco do lugar algumas coisas vão ficando mais claras e além do mais eu sinto, de verdade, sinto que até meu olho ta ficando mais puxadindo! :)

Bjoss,

By R.A - from China

Um comentário:

  1. Cara Renata,
    obrigado pelas dicas, estou querendo ir como turista e elas foram essenciais.

    abs

    ResponderExcluir